Carta de um(a) Adolescente para os Pais

“Queridos pais: Esta é a carta que eu gostaria de escrever. Esta luta em que estamos agora, eu preciso dela! Não vos consigo dizer isso porque eu não tenho forma de o conseguir dizer e não faria sentido de qualquer maneira… Mas eu preciso mesmo muito desta luta!   Eu preciso odiar-vos agora e preciso que vocês sobrevivam. Eu preciso que sobrevivam ao meu ódio e à vossa zanga. Eu preciso desta luta mesmo que eu a odeie também.   Nem importa a razão desta luta, se é sobre a hora de ir dormir, os trabalhos de casa, a roupa, o meu quarto desarrumado, as saídas ou não, os/as namorados/as, por não ter amigos, ou ter amigos de que não gostam. Não importa. Preciso lutar convosco sobre isso e preciso que vocês batalhem comigo.   Eu preciso mesmo muito que segurem numa ponta da corda para ficar firme, enquanto puxo firmemente a outra extremidade – enquanto eu encontro os suportes para me agarrar com as mãos e pés neste novo mundo em que sinto que estou!   Eu costumava saber quem era, quem vocês eram, quem nós éramos. Mas agora não sei.   Neste momento, procuro os meus limites e … Continue a ler Carta de um(a) Adolescente para os Pais